Come-s/a poderá ter torcida




Foi afirmado recentemente por um órgão de imprensa da cidade que o Come-s/a poderia não contar com a torcida do Leão. Entretanto ainda não há a confirmação dos órgãos governamentais sobre isso. Tanto que a postagem foi apagada agora a pouco. Vamos aguardar a definição.

Entenda porque das torcidas únicas no estado de São Paulo

Tudo começou no dia 3 de abril de 2016, um domingo de clássico entre Palmeiras e Corinthians, que ocorreria no Pacaembu, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista. Antes da bola rolar, em São Miguel Paulista, zona leste da capital, uma pessoa foi morta durante briga entre palmeirenses e corintianos. Em confrontos antes e após a partida, dezenas de integrantes de torcidas organizadas foram detidos.

No dia seguinte, o Ministério Público pediu à Federação Paulista de Futebol – FPF, organizadora da competição estadual, que determinasse que clássicos ocorressem somente com a presença de uma única torcida nos estádios paulistas. À noite, a FPF acatou a decisão, após uma reunião realizada na Secretaria de Segurança Pública, no centro de São Paulo.

Os clássicos em questão seriam os que envolvessem os clubes Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo. A decisão foi anunciada pelo então secretário de segurança pública do estado, Alexandre de Moraes e pelo então promotor do Ministério Público, Paulo Castilho. Apesar das identificações, todos os 57 torcedores detidos antes e depois do clássico foram soltos após prestar depoimento ainda no domingo.

Foto: Comercial FC Texto: Uol


Comentários

Veja também

Leão perde jogo treino e 4 são dispensados

Entrevista - Presidente Campanelli

Torcida questiona contrato da Loja do Leão