O Futuro do Leão


Depois do vexame do último Come-s/a, atitudes precisam ser tomadas pela direção do Leão, para que possamos continuar a reconstrução do clube. Gostaríamos de listar algumas delas:
1 - Elenco
É inegável que nosso elenco atual não tem condições de disputar uma série A2. Jogadores sem qualidade técnica, sem compromisso com resultados, jogadores acomodados e cujo profissionalismo passa longe do aceitável, a ponto de discutirem com a torcida no alambrado; jogadores que certamente a partir do próximo sábado já estarão disputando a Copa Regatas e Amador… 
A série A2 é mais forte que muito campeonato estadual por aí e não permite erros. É um campeonato que possui dois times que disputam a série B do Brasileiro, times tradicionais e com grande investimento financeiro, além de ter 2 vagas no rebaixamento.  Deste atual elenco na minha opinião apenas uns 4 a 5 jogadores teriam condições de fazer parte do elenco da próxima A2.
2 - Treinador
Além de um elenco fraco, temos um treinador fraco. Na A3 ele encontrou um time e foi com ele até o final, conseguindo o acesso. Porém com a saída do Gustavo Silva o time se desmantelou. Na Copa Paulista houve muito tempo para treinamento, mas não havia jogadas ensaiadas, só o tradicional “chuveirinho na área”. As escalações ruins se repetiram, uma a uma (a improvisação do Vitor Hugo na zaga, por exemplo) dão o tom de o quão perdido está o nosso treinador. É uma pessoa maravilhosa, comercialino, mas seria melhor para a sua carreira e para o clube neste momento ele respirar novos ares.
3 - Diretor de Futebol 
No primeiro semestre fez um bom trabalho com o que teve em mãos em termos financeiros. Porém a inexperiência no cargo, a falta de uma agenda para contratar bons jogadores resultaram em um péssimo trabalho neste segundo semestre. Ao invés de buscar reforços pontuais de qualidade, insistiu na “amizade com os boleiros” gastando os minguados recursos do clube contratando jogadores que não tem a menor condição de vestir a camisa leonina. 
4 - Diretoria executiva
Como dizia o saudoso Miguel Liporaci “a vergonha de não mudar é pior que a decepção em perder”. Talvez se lá no primeiro Come-s/a tivessem trocado o técnico, contratado 3 ou 4 peças indicadas por ele hoje estaríamos comentando a perspectiva da próxima fase do campeonato. Errar faz parte, mas é melhor agir do que se acomodar. Precisam aprender com o que aconteceu e agir.
5 - Torcida
Ontem o jogo foi terrível, estamos sofrendo a tempos com a falta de resultados. Agora, me perdoe o desabafo, não é para todos, mas o que ocorreu ontem dentro do estádio foi lamentável. Alguns de nós precisam colocar a mão na consciência e saber que a vida não se resume a um jogo de futebol. Todo mundo tem família inclusive os PM que estavam ali. Pode ter ocorrido excessos em alguma coisa mas atitudes como a de ontem afastam famílias e pessoas de bem do estádio. Precisamos também como torcida evoluir nessa parte.
6 - Conselho Deliberativo 
O órgão precisa pensar no futuro do clube. Como que está o andamento do acordo para liberar as cotas da FPF? E as discussões sobre a SAF? Quando será a próxima reunião?
Assim esperamos que nestes 4 meses de 2022 possamos fazer um bom trabalho para a próxima temporada.


 

Comentários

Veja também

Leão perde jogo treino e 4 são dispensados

Após título, atacante está bem perto de retornar

Entrevista - Presidente Campanelli